O que é o Esoterismo?

Muitas pessoas acham que o esoterismo é apenas uma forma de se ter contato com o sobrenatural. No entanto, essa definição é muito ampla, afinal todas as religiões seriam consideradas esotéricas se esse pensamento fosse aplicado. Outras pessoas, no entanto, já associam o esoterismo a algo exótico ou estranho.

Mas, na verdade, esoterismo é algo bem diferente. O termo vem da palavra grega “esotero”, que significa o que está dentro ou no interior. Daí a associação do termo com seu verdadeiro sentido, que é aquilo que está oculto, guardado.

O esoterismo está mais ligado a um pensamento filosófico do que a uma religião.  Essa filosofia acredita que há certos saberes – sejam eles religiosos, científicos ou até espirituais – que são muito poderosos para serem divulgados a todos. Por isso, esses conhecimentos acabam sendo compartilhados apenas com algumas pessoas.

Outro erro também é confundir esoterismo com o ocultismo. No entanto, há estudiosos que consideram o ocultismo como uma das vertentes do esoterismo, só que mais ligada à espiritualidade.

Como surgiu o Esoterismo?

Apesar do termo ter surgido por volta do século XVII, as práticas e pensamentos filosóficos que integram o esoterismo datam de muitos séculos atrás. E hoje há muitas de escolas de pensamento que tentam explicar o que é e quando ele, de fato, surgiu.

Na Antiguidade, os filósofos já praticavam o esoterismo, mas chamando-o por outros nomes. A filosofia perene, que surgiu na Grécia Antiga, é um exemplo.

Entendo as religiões como partes de uma verdade única, a filosofia perene tem traços do que hoje pode ser compreendido como esoterismo. E isso porque as discussões mais espirituais eram feitas secretamente e sem o conhecimento do público.

Esoterismo x Exoterismo

Há uma diferença entre esses dois termos. Enquanto o exoterismo era algo transmitido por lendas e mitos para que o povo se voltasse a uma vida espiritual, o esoterismo se preocupava em ensinar o que estava por trás dessas mesmas lendas e mitos.

Por isso, o esoterismo se preocupa em com o que há de mais oculto no homem, que é seu mundo interior.

Para entender melhor a diferença:

  • Esoterismo – aquilo que está dentro e não é conhecido por todos;
  • Exoterismo – aquilo que está fora e é transmitido a todos, sem restrição.

Qual a função do Esoterismo?

Seu maior objetivo é conduzir o homem ao seu eu interior por meio do autoconhecimento.

E, apesar de antes esse tipo de conhecimento ser restrito e acessível apenas a poucas pessoas, hoje ele está disponível para quem se interessar e buscar saber mais.

Seja para ajudar a ter uma vida equilibra ou a buscar respostas sobre amor, trabalho ou saúde, hoje há diversas ferramentas esotéricas que podem ajudar quem as consulta, como:

Saiba mais, tirando as suas dúvidas pelo formulário de contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *